19 de junho de 2023

Jornalistas estão perdendo dinheiro e processos por pura teimosia

Ao longo dos meses, jornalistas do Amazonas vem perdendo processos e tendo que indenizar suas “vítimas”

Existe um velho ditado que diz: ” Quem avisa amigo é. E quem não ouve inimigo quer ser.” Ao longo dos meses, jornalistas do Amazonas vem perdendo processos e tendo que indenizar suas “vítimas”. Esse que vos escreve apanhou muito para aprender que, você precisa estar bem calçado nas denúncias que faz, perdi dinheiro, tempo e hoje estou bem mais amadurecido e forte.

Ao longo desses anos percebi uma mudança de comportamento na imprensa amazonense, antigamente havia o cuidado com a informação passada, os jornalistas apuraram profundamente, cumpriam o papel de verdadeiros ‎Sherlock Holmes e a notícia era VERDADEIRA.

Ninguém sonhava com (FAKE NEWS) notícias falsas. Nunca passou pela minha cabeça que o congresso nacional iria debruçar para aprovar uma lei de combate a notícias falsas.

Acredito que poucas pessoas sabem, mas, temos uma jornalista política que enche o peito para dizer que é a “melhor” que denunciou o repasse de três milhões de reais ao Amazonas Futebol Clube.

O problema não estava em questionar esse repasse oriundo de emenda parlamentar, o problema está em misturar opinião, envolver famílias e, induzir a população a pensar que existiu atos de corrupção, em tese, a sua reportagem colocou em xeque a credibilidade de deputada Joana Darc bem como a lisura no trato com o dinheiro público.

E detalhe, EU AVISEI! Mas, a arrogância falou mais alto. Qual foi o resultado disso? A referida jornalista foi processada, perdeu e terá que remover todas as publicações veiculadas nos seus perfis, se abster de publicar outras matérias que liguem Joana Darc a práticas ilícitas e em caso de descumprimento, a jornalista terá que pagar 30 mil reais por dia. Valeu a pena? Outra, o presidente do Amazonas FC e o próprio time também devem recorrer à justiça, caso a jornalista perca, terá que indenizar o presidente e o time.

Na semana passada houve um festival de notícias desencontradas, que afirmavam que os vereadores: Peixoto (AGIR), Professor Fransuar (PV), Ivo Neto (Patriotas) e Joelson (Patriotas) haviam fraudado as eleições de 2020, colocando na coligação uma candidata laranja o que não condiz com a verdade.

O que aconteceu é que, a candidata que teve zero votos desistiu de sua campanha para cuidar do esposo enfermo, e não fez campanha, se ela mesma não votou em si outra vai votar? Era esperado que teria zero voto. Fazer uma acusação dessas é leviana e indica interesse de terceiros. Tenho a impressão que vai dar processo e os sites vão perder.

Eu poderia citar centenas de casos, mas vou citar apenas mais dois exemplos. Eu mesmo estou movendo um processo contra uma jornalista, a mesma me acusou de falsificar a capa de uma revista e não satisfeita, articulou para que a matéria fosse publicada no site UOL. Tivemos audiência de conciliação, sem acordo e o site UOL não mandou representante, ou seja, será decretada revelia. Não de onde a pessoa tira que eu vou falsificar capa de revista e local ainda? Pelo amor de Deus! E outra, a matéria foi removida sem ordem judicial, ou seja, não reflete a verdade.

Último exemplo do dia. Vazaram vídeos de sexo explícito dentro da FIEAM (Federação das Indústrias do Amazonas). Alguns sites não tomaram o cuidado de pôr uma tarja, expuseram o rosto de todos os envolvidos, vão pagar uma alta indenização. Em um dos vídeos vazados, em um texto sem identificação e origem, é afirmado que se trata de Antônio Silva o que não foi comprovado, um vídeo de péssima qualidade de 23 anos atrás não pode ser usado como prova. Nesse desespero por audiência, por pouco não condenam um homem com mais de 40 anos de história à frente do movimento industrial do Amazonas.

 Antônio Silva não só processará como ganhará todas as causas, anotem esse dia. Depois não venha até eu pedir socorro, eu vou dizer: EU AVISEI! Quem pariu, mantenha e embale. Marcelo Generoso. Editor-chefe do Portal do Generoso e Presidente da Associação Nacional de Jornalismo Digital. 

Av. Nepal, Nº 30
Qd. 105 A - Nova Cidade
Manaus - AM

Siga-nos